Caravelas: A decisão, proferida na última quinta-feira (3), se refere à recurso interposto pelo município de Caravelas em ação judicial de desapropriação de um imóvel localizado na Rua Aníbal Benévolo (conhecida como Rua do Porto). Por meio de decreto, o Prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho, declarou a utilidade pública de imóveis localizados no caminho da obra de revitalização do espaço urbano, no entorno do Rio Caravelas.

Na fase de desapropriação amigável, não houve acordo com alguns ocupantes da área, razão pela qual interpôs recurso junto ao Tribunal de Justiça da Bahia alegando urgência na concessão da imissão provisória na posse.

Na análise do recurso, o Desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA), entendeu que a sentença de primeira instância causou dano ao patrimônio municipal caravelense, ao impedir a continuidade da obra e o cumprimento dos prazos de execução, “mesmo o município tendo cumprido todo o procedimento previsto na lei para a imissão provisória na posse, o juiz da Comarca de Caravelas indeferiu o pleito liminar e ainda determinou a paralisação da obra, protegendo o interesse particular em prejuízo do interesse público”, decidiu.

O CASO - O proprietário havia acionado a justiça, pedindo interrupção de quaisquer atos no imóvel. O Juiz da Comarca de Caravelas, Dr. Antônio Santana Lopes Filho, atendeu ao pedido, determinando a paralisação das obras, até que fosse realizada avaliação judicial para aferir o valor real do bem, assim como o pagamento de indenização justa e prévia, em caso de demolição ou quaisquer outros atos depreciativos, sob pena de multa única no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). Desde então, as obras estavam interrompidas.

Ao analisar o pleito do Município de Caravelas, o desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, da Quinta Câmara Cível do TJBA, concedeu a imissão provisória na posse do imóvel, destacando a possibilidade de produção de qualquer meio de prova, inclusive a pericial, no caso da ação de desapropriação, apenas, para aferir o justo valor indenizatório e não para discutir o mérito da demanda.

Por: Liberdadenews/Ascom


Defesa de Lula vai à Justiça contra semiaberto que Lava Jato pediu

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que vai pedir à Justiça que indefira o pedido

Rui Costa visitará Itanhém para inauguração de pavimentação

Itanhém: Nesta segunda-feira, 21 de outubro, às 09h30, o governador Rui Costa estará no município de Itanhém, no Extremo Sul baiano, para

Governo adia reforma tributária e prioriza redução de R$ 30 bi

O governo vai deixar para depois o envio da proposta de reforma tributária e focar sua ação no Congresso Nacional para aprovar um pacote de

Câmara Municipal: TVLN recebe Homenagem por relevantes serviços

Teixeira de Freitas: O ato aconteceu na manhã desta quarta-feira, 16 de outubro em Sessão Solene no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores

Delegados do NHT recebem Moção de Congratulação na Câmara

Teixeira de Freitas: Em Sessão Solene no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Teixeira de Freitas, na manhã desta quarta-feira, 16 de

Asfaltamento do acesso ao Mirante do Rio está sendo finalizado

Teixeira de Freitas: Mais asfalto em Teixeira de Freitas. Nesta quarta-feira (16), o trabalho de asfaltamento do acesso ao bairro Mirante do Rio

Vídeo: Um ano de Paralisação nas Obras da BA 290 é

Teixeira de Freitas: A equipe da TVLN esteve na BA 290 e levou um Bolo de Aniversário para “comemorar” Um Ano de Paralisação das Obras de

Decreto do governo regulamenta trabalho temporário

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto para regulamentar o trabalho temporário no país. A norma foi publicada no Diário Oficial da União

Bolsonaro discute pedido de prestação de contas ao PSL

O presidente Jair Bolsonaro reuniu-se na manhã desta segunda-feira, 14, no Palácio do Planalto, com os advogados eleitorais Karina Kufa e Admar

Governo discute novas linhas de créditos para caminhoneiros

O governo federal, caminhoneiros e  representantes do setor de transporte rodoviário de cargas discutiram, durante o 34º Fórum Permanente para

Nossos Apoiadores: