Ramiro Guedes

ORWELL E O 1984

Esse escriba relê com  crítica reverência “1984”, de George Orwell. Feito para denunciar regimes comunistas absolutos, o livro, muito maisque um compêndio político, é uma metáfora do mundo totalitário que estamos construindo inexoravelmente. Invasãode privacidade, avanços tecnológicos que propiciam o controle total das pessoas, destruição ou manipulação da memória histórica dos povos e as guerras travadas para “garantir” a paz são alguns dos males que 1984 detecta. O livro de Orwell alerta a população do mundo para os males do autoritarismo, seja de que ideologia for. É essa a sua grande importância, nesses tempos em que o fascismo se torna, aqui e lá, o pão nosso de cada dia. Uma frase do livro se torna emblemática:

“Nós nos encontraremos depois das trevas”.

Tomara.

TEMPOS ORWELLIANOS

O Ministério da Verdade do livro 1984, de Orwell, cunhou os três lemas do Partido: GUERRA É PAZ/LIBERDADE É ESCRAVIDÃO/IGNORÂNCIA É FORÇA.

Brazil, zil, zil!

LÁ EM CURPIOBA MIRIM

Relata-nos nosso correspondente em Curpioba Mirim, Sóstenes Cauim Velásquez, que mais um escândalo de malversação de verbas públicas desponta na administração da prefeita Brígida Campolargo. Cauim Verlásquez avisa que a bola da vez são os pagamentos a sites fantasmas, que não atualizam matérias (alguns desde dezembro), não possuem CNPJ e há alguns que estão com seus endereços eletrônicos caducos. Esses sites, segundo notas fiscais publicadas na imprensa, recebem de 3 a 5000 reais por mês e alguns pertencem a funcionários da Prefeitura ou parentes e apaniguados da prefeita.

Segundo Cauim, a coisa é feia e barbas estão de molho. Muitas, por sinal.

AINDA EM CURPIOBA MIRIM

Repercutiu muito em Curpioba uma matéria publicada no site “A voz curpiobense” daquela cidade. Segundo o site, a Prefeitura mente quando afirma que foi grandioso o desfile da Independência, em 7 de setembro, reputado pela Assessoria de Comunicação damamã como o mais grandioso da história daquele burgo. Para “A Voz”, menos de 2000 pessoas estavam ao logo da avenida Pedro Antúrio, principal da cidade, e por onde passou o desfile. Esse número é bem inferior ao do ano passado. Para o site, o destaque foi a chegada do ex-prefeito Tarso Solimões ao camarote em frente ao palanque das autoridades. O ex-prefeito foi recebido com muitos aplausos e com populares cantando a música “Que saudade do meu ex”.

Tarso  usava uma camisa vermelha do PT e testemunhas afirmam que D. Brígida ficou mais vermelha que as cores de tal camisa.

O DESEMBAGRINHO

Esse escriba participa plenamente da estupefação que toma conta dos brasileiros com a choradeira do desembargador mineiro Leonardo Azeredo dos Santos. O tal desembagrinho reclamou do seu salário de 24 mil reais por mês, chamando tal ganho de miserê e clamando que não dá para viver c om essa quantia. A repercussão foi imediata em todo país, principalmente depois que foram revelados os valores recebidos pelo procurador em 5 anos (cerca 4 milhões, que, com os penduricalho, elevam os ganhos ele para mas de 62 mil reais/mês). Premido pela repercussão negativa de sua fala, Leonardo entrou em licença médica.

70% da população brasileira ganha um salário de 998 reais por mês.

REALIDADE

Um conceituado advogado teixeirense, em conversa com esse escriba, afirmou que está desagradavelmente surpreso com um dado do IBGE  sobre Teixeira de Freitas. Segundo o causídico, 40% de nossa população vive com algo em torno de 500 reais por mês, o que representa pouco mais de 16 reais/dia. Já o Dr. Leonardo, com seu miserê de 24000 mensais (sem os penduricalhos), percebe 800 reais por dia.

Brazil, zil, zil.

CONCENTRAÇÃO DE RENDA

Teixeira não é uma ilha de prosperidade no oceano da crise brasileira. Se uma parte da população do país passa fome, isso também acontece em nossa cidade. O nosso desnível social é pungente. Há restaurantes por aqui que, de uma sentada, apresentamuma  conta de 500 reais de despesa para duas pessoas. Enquanto isso, um senhor com debilidade mental,  há dias,  lá no Mercadão, cozinhava em uma trempe improvisada pedaços de papelão para fazer uma sopa.

Nossa realidade não é a de Bolsonaro que, com m eia dúzia de palavras, baniu a fome do Brasil.

FASCISMO E CENSURA

A atitude fascista de Marcelo Crivella no Rio de Janeiro, mandando recolher a HQ “Vingadores, a cruzada das crianças”, onde dois rapazes se beijam a céu aberto, serviu apenas para uma coisa: divulgar pesadamente a HQ em todas as redes sociais e fazer esgotar qualquer exemplar na Bienal. Um volume dessa HQ custa cerca de R50,00, o que fazia a edição jazer quase que intocada nas bancas. Com a atitude de Crivella, mandando recolher o título “para proteger a família”, Os Vingadores tomaram um impulso de vendas jamais esperado.

Censores e fascistas deviam aprender com a história.

ESCOLAS CIVIS MILITARES

O Ministério da Educação do atual governo está veiculando na mídia televisiva a militarização do ensino como se isso fosse uma grande conquista social. Inclusive, aqui em Teixeira, essa colocação está sendo posta em prática. Uma coisa é a pessoa que procura uma escola da Polícia Militar para colocar o filho e lá fica sabendo de todas as regras de tal escola e as aceita. Outra coisa é essa militarização ser colocada sem que os clientes da escola tenham possibilidade de escolher esse regime. Não deveria haver um debate mais abrangente e maior sobre o assunto? Será que é unanimidade a sociedade civil  aceitar isso? Qual a verdadeira intenção do Ministério e do Governo nesse assunto?

São perguntas que devem ser feitas se vivemos em um país de livre opinião.

EXISTE LEI?

Se existe, como se permite ao filho do Capitão ir ao hospital visitar o pai armado e exibindo ostensivamente a arma na cintura?  Mesmo tendo porte de arma,  deveria a excelência exibir o trabuco de forma tão acintosa?

Realmente, esses são tempos borrascosos.

SATISFAÇÃO

O ex-prefeito João Bosco não cabia em si de alegriapela  recepção que lhe foi dada por populares ao chegar no camarote do desfile de 7 de setembro. Aplausos, gritos de apoio e muita felicidade receberam João naquele momento.

Teve gente que não gostou e ficou emburrada.

FESTIVAL GASTRONÔMICO

Muita gente reclamando que o atual Festival Gastronômico privilegiou apenas estabelecimentos de elite. Pergunta-se: não deveria o festival também chamar à participação o pessoal dos espetinho, de salgados e petiscos populares?

Fica aí a pergunta e o protesto de muitos.

FECHANDO A NICA

“Governo Bolsonaro é um governo de destruição”. (Lula, em entrevista ao Le Monde)

“Nós nos encontraremos depois da treva”. (George Orwell, em 1984).

“Estou deixando de gastar 20 mil de cartão de crédito para gastar 8 mil”. (Leonardo Azeredo, o procurador mineiro do miserê).

“Este país virou uma festa estranha com gente esquisita”. (Ricardo Noblat, jornalista).

“Os canalhas querem se desfazer de nosso patrimônio”. (Ciro Gomes)

“LiberézLula!” (Editorial do jornal francês “L’HUMANITÉ”


Defesa de Lula vai à Justiça contra semiaberto que Lava Jato pediu

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que vai pedir à Justiça que indefira o pedido

Rui Costa visitará Itanhém para inauguração de pavimentação

Itanhém: Nesta segunda-feira, 21 de outubro, às 09h30, o governador Rui Costa estará no município de Itanhém, no Extremo Sul baiano, para

Governo adia reforma tributária e prioriza redução de R$ 30 bi

O governo vai deixar para depois o envio da proposta de reforma tributária e focar sua ação no Congresso Nacional para aprovar um pacote de

Câmara Municipal: TVLN recebe Homenagem por relevantes serviços

Teixeira de Freitas: O ato aconteceu na manhã desta quarta-feira, 16 de outubro em Sessão Solene no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores

Delegados do NHT recebem Moção de Congratulação na Câmara

Teixeira de Freitas: Em Sessão Solene no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Teixeira de Freitas, na manhã desta quarta-feira, 16 de

Asfaltamento do acesso ao Mirante do Rio está sendo finalizado

Teixeira de Freitas: Mais asfalto em Teixeira de Freitas. Nesta quarta-feira (16), o trabalho de asfaltamento do acesso ao bairro Mirante do Rio

Vídeo: Um ano de Paralisação nas Obras da BA 290 é

Teixeira de Freitas: A equipe da TVLN esteve na BA 290 e levou um Bolo de Aniversário para “comemorar” Um Ano de Paralisação das Obras de

Decreto do governo regulamenta trabalho temporário

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto para regulamentar o trabalho temporário no país. A norma foi publicada no Diário Oficial da União

Bolsonaro discute pedido de prestação de contas ao PSL

O presidente Jair Bolsonaro reuniu-se na manhã desta segunda-feira, 14, no Palácio do Planalto, com os advogados eleitorais Karina Kufa e Admar

Governo discute novas linhas de créditos para caminhoneiros

O governo federal, caminhoneiros e  representantes do setor de transporte rodoviário de cargas discutiram, durante o 34º Fórum Permanente para

Nossos Apoiadores: